Troféu Literário 2015

Olá, pessoas, tudo bem?

O fim do ano finalmente chegou! E com ele, é hora de fazer uma retrospectiva literária para 2015. Por isso, a Karina e a Nádia resolveram criar o Troféu Literário 2015! Eu achei a ideia super divertida e resolvi participar também. Então, aqui vão minhas respostas:

And the Oscar goes to…

 

Os melhores e piores

O melhor livro: O sol é para todos, da Harper Lee.
O pior livro: Vá, coloque um vigia, da Harper Lee (irônico, né?).
O livro com a melhor capa: Dragões de Éter, do Raphael Draccon.
O livro com a pior capa: Noturno, de Chuck Hogan e Guillermo Del Toro.
O livro que rendeu a melhor adaptação cinematográfica: Matilda, de Roald Dahl. ❤
O livro que rendeu a pior adaptação cinematográfica: Não li nenhum esse ano que tenha tipo uma adaptação cinematográfica ruim.
O título mais genial: Jogador nº 1, de Ernest Cline.
O título mais nada a ver: Cotoco, de John Van de Ruit.
O melhor enredo: Toda Luz que não Podemos Ver, de Anthony Doerr.
O pior enredo: vai ter que ser O Reino das Vozes que não se Calam, de Carolina Munhóz e Sophia Abrahão. Não é porque o livro é ruim ou algo do tipo, é só que, dos livros que eu li esse ano, foi o que menos me tocou.

DSC07073

 

Os queridinhos

O meu personagem queridinho: Matilda, de Matilda.
O personagem que me deu nos nervos: Emma, de O futuro de nós dois.
O meu casal queridinho: Ariane Narin e João Hansel, de Dragões de Éter.
O casal que me fez querer vomitar: Jean Louise e Henry, de Vá, coloque um vigia (quero o Dill de volta!).
O personagem coadjuvante que roubou a cena: Erik, de A Herdeira (já espero mais cenas dele no próximo livro <3).
O personagem coadjuvante que eu mataria: Von Rumpel, de Toda Luz que não Podemos Ver.

DSC07081

 

As surpresas e decepções

O autor que mais me surpreendeu: Harper Lee.
O autor que mais me decepcionou: Carolina Munhóz e Sophia Abrahão (tenho que colocar as duas porque o livro que eu li foi escrito por ambas. Novamente, não é que a escrita delas seja ruim, é só que, dos livros que eu li esse ano, não foi um dos melhores).
O livro que mais me surpreendeu: A vida do livreiro A.J. Fikry, de Gabrielle Zevin. ❤
O livro que mais me decepcionou: Cotoco, de  John Van de Ruit (já tinha ouvido falar tão bem dele que minhas expectativas estavam MUITO altas. Porém, ele não é um livro ruim, só não é tão engraçado quanto falam).

DSC07094

As sensações

O beijo que me fez suspirar: Nenhum. :/ Confesso que não li muitos livros românticos esse ano, logo não tiveram muitas cenas românticas entre minhas leituras.
O trecho que mais me marcou: “A gente só conhece uma pessoa de verdade quando se coloca no lugar dela e fica lá por um tempo” O sol é para todos.
A história que mais me inspirou: O Sol é para todos (desculpa, mas você ainda vão ouvir muuuito sobre esse livro por aqui).
O livro que acabou com as minhas lágrimas: Toda Luz que não Podemos Ver, de Anthony Doerr.
A trama que me causou arrepios: 1984, de George Orwell.
O livro que me deixou mais curioso: Caixa de Pássaros, do Josh Malerman (preciso de uma continuação para responder a todas as minhas perguntas!).
A obra que me fez gargalhar: Cotoco, de John Van de Ruit (não me fez gargalhar realmente, mas foi o que me fez rir mais esse ano, apesar de não ser tão engraçado quanto eu esperava).
A história da qual eu sinto mais saudades: O oceano no fim do caminho, do Neil Gaiman.
O crime que me pegou de surpresa: acho que o que acontece em 1984, de George Orwell (sério, leiam esse livro).

DSC07115

Os “mais”

A leitura mais difícil: Os dois últimos livros de  Senhor dos Anéis (desculpa, mas a escrita do Tolkien, por mais que sua imaginação seja incrível, não é para mim).
A leitura mais fácil: A série Valente, do Vitor Cafaggi.
O livro que li mais rápido: O oceano no fim do caminho, do Neil Gaiman (menos de 12 horas).
O livro que mais demorei para ler: David Copperfield, do Charles Dickens (comecei em Janeiro e terminei em Julho. Talvez porque ele tenha quase mil páginas, talvez porque, além de estar em inglês, ele apresentava um inglês mais “antigo”, ou talvez porque a faculdade não me deixou com muito tempo livro. De qualquer forma, ele e Os Miseráveis são os dois livros que me fizeram perceber que eu não devo ler calhamaços durante o período letivo).

DSC07108

E por fim…

Em 2015, minha meta era ler 53 livros e terminei o ano com 41 leituras (sendo apenas 14 os livros que estavam na minha lista original…ops).
Para 2016, minha meta é ler 50 livros (não irei fazer mais uma lista com os livros que quero ler para o próximo ano porque, desde que comecei a faculdade, não estou mais conseguindo cumprir as minhas metas de leitura. Então, irei estipular apenas um número de livros para 2016 para pelo menos ter uma meta a atingir xD).

Bem, pessoal, é isso! Espero que vocês tenham gostado da minha retrospectiva. Sintam-se livres para fazer a de vocês se quiserem. Nesse último dia do ano, desejo que para 2016 vocês realizem seus desejos (não todos, apenas aqueles que irão fazer de vocês pessoas melhores), que possam colocar em dia suas leituras, séries, filmes, jogos e etc. Mas que, além disso, vocês possam passar um tempo de qualidade ao lado de seus familiares e amigos, pois a vida não fica completa sem aqueles que nós amamos do nosso lado.

Um grande beijo, e até a próxima. ❤

Anúncios

5 comentários sobre “Troféu Literário 2015

    1. Muito obrigada! Sim, tomara que 2016 traga muitas leituras ótimas pra nós! Siiiim, leia “O Sol é para todos”, por favooor, você não vai se arrepender! ❤ Né? Fiquei dias digerindo tudo que tinha lido em 1984…
      Feliz ano novo para você também!
      Beijos, Wanessa. ❤

      Curtido por 1 pessoa

  1. Muito obrigada, Adriele! Sim, é uma ótima ideia *-* e se você não aguentar esperar, ainda dá tempo de fazer o troféu com os livros do ano passado. ❤ Obrigada! Foi meio cansativa, mas a história até que é boa. No fim, eu tava sorrindo e chorando feito uma bobona hahaah. ❤
    Beijos, Wanessa. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s